jQuery(document).ready(function( $ ){ }); jQuery(document).ready(function( $ ){ }); jQuery(document).ready(function( $ ){ });

Clareamento dental

Clareamento dental é um tratamento que exige cuidado e deve ser feito sempre com acompanhamento de profissional

TIPOS DE CLAREAMENTO DENTAL: Existem duas técnicas para clareamento dentário

CLAREAMENTO CASEIRO

Esta técnica é feita em casa, após confecção da moldeira por um dentista. A moldeira é preenchida com um gel, o mais utilizado é o peroxido de carbamida, e deve ser usada por vários dias até alcançar o resultado desejado.

Depende muito da colaboração do paciente pois é necessário usa-lo por um período longo, geralmente entre 2 a 3 semanas, portanto exige paciência.

CLAREAMENTO A LASER

É feito somente em consultório odontológico, utilizando um gel com concentração maior que o do caseiro.

A vantagem é que a aplicação é feita por um período curto e os resultados são visíveis logo após a primeira sessão, porém é comum o paciente apresentar bastante sensibilidade.

Uma terceira opção é associar os dois métodos alcançando assim melhores resultados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALIMENTAÇÃO

Durante o clareamento dentário é necessário evitar a ingestão de alguns alimentos que contem pigmentação, pois os dentes ficam mais permeáveis e podem absorver o corante, causando manchas no dente. Após o término do tratamento a alimentação pode voltar ao normal.

Alimentos que devem ser evitados durante o clareamento:

  • Suco de uva
  • Vinho tinto
  • Refrigerantes à base de cola
  • Açaí
  • Chocolate
  • Catchup
  • Molho de soja
  • Café e chás
  • Beterraba
  • Açafrão, azeite de dendê
  • Cigarro

RESULTADOS:

O clareamento dos dentes ocorrem em todos os casos, porém alguns ficam mais brancos que os outros, mas é comum com o passar dos anos os dentes vão amarelando sendo necessário refazer o clareamento.

Uma boa higienização e o consumo moderado de alimentos com corantes prolongam os resultados.

CONTRA-INDICAÇOES

O clareamento é contra indicado para pacientes que apresentam muita sensibilidade, pois podemos ter uma inflamação, que irá causar dor aguda.

Também deve ser evitado por gestantes.

Dentes com restaurações extensas também não são indicados.

Dentes com tratamento de canal devem receber outro tipo de clareador e dificilmente ficam da cor dos demais.

Em casos de sensibilidade menor o uso de pastas para sensibilidade ajudam a diminuir a dor, podem ser usadas durante o clareamento dentário e após.

CLAREAMENTO DENTÁRIO X RESTAURAÇÕES

O gel clareador não age sobre as restaurações, por isso após o tratamento é necessário a troca de todas as restaurações estéticas por restaurações na nova cor.

Em alguns casos onde as restaurações são muito extensas indica-se a confecção de facetas, obtendo-se melhores resultados.

PASTAS CLAREADORAS

Existem várias pastas a venda com a promessa de clarear os dentes, em sua grande maioria elas são bastante abrasivas fazendo um remoção da placa dental que deixam os dentes amarelos, porém não são suficientes para promover um clareamento efetivo. Estas pastas devem ser evitadas por pacientes que possuem sensibilidade.